segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Liberdade



Queria ser livre, para falar, sem medo do que virá a seguir, agir, sem precisar me preocupar com as consequências, viver, sem pensar em cada passo que dou adiante... Por diversas vezes fico presa, pelo que vão dizer, pelo que vão pensar das minhas ações e a grande maioria dessas vezes não vou adiante com meus pensamentos... Muitas vezes nos prendemos pelo medo do julgamento, do que dirão pelas nossas ações e atitudes, sendo assim nos deixamos ser derrubados sem nem mesmo tentar para no fim pelo menos poder dizer: Eu tentei! Estamos presos as nossas próprias correntes, de medo e tormento, de atitudes fracassadas antes mesmo de saírem "do papel", deixamos nossa imaginação ser castrada e não a alimentamos como deveríamos, este é um dos MEUS maiores pecados!

Quando eu era mais nova, lá nos meus 15 anos, eu amava desenhar, era uma das coisas que eu passava mais tempo fazendo, por vezes horas e horas... Aula de artes era uma das minhas preferidas na escola! Mas um dia tudo mudou, por que eu conheci alguém que em meu julgamento, desenhava muito melhor que eu e ao invés de tentar melhorar eu simplesmente baixei o lápis, por assim dizer, deixei de fazer algo que eu amava demais por pensar que outras pessoas não iriam falar bem dos meus talentos como desenhista...

Mais tarde quando eu estava com 18 anos, adorava cantar, em algum momento alguém disse que minha voz era linda e que faria sucesso em algum lugar do mundo, mas bastou uma pessoa dizer que minha voz era horrível e que eu estava fazendo aquilo de maneira errada que eu me calei, nunca fui atras do sonho de liberar minha voz pro mundo e ainda hoje quando alguém me ouve cantar fica espantado dizendo que nunca pensou que eu pudesse ter uma voz assim para canto, mas eu me calo, pelo medo de ser rejeitada, de virar piada, medo do julgamento!

Hoje eu trabalho com arte gráfica e me viro como posso, mas nem sempre saio por ai mostrando meus trabalhos e dizendo o que faço, justamente por estas correntes que me prendem ao julgamento, o qual eu mesma deixo cair sobre mim, mas que afinal, são as pessoas que me julgam? Ou sou eu que complico, me auto julgando incapaz?

Pare um pouco pense e analise sua vida, será que nosso querer de liberdade, quem nos prende são os outros? Ou nós mesmos? As pessoas são malvadas e algumas poderão fazer de tudo para te derrubar, mas nunca seja refém de seus próprios pensamentos, liberte-se, deixe fluir, de asas a sua imaginação, seja quem você quer ser e não o que você pensa que as pessoas esperam que você seja! Não seja um robozinho, aja por impulso as vezes, faça aquilo que te faça FELIZ! Viva o máximo que puder como se cada momento fosse único, pois afinal, ele É ÚNICO! Tente não se arrepender de algo que fez, pense nisso como um lembrete para no futuro fazer diferente... E acima de tudo, siga a vida de maneira leve, não seja duro consigo mesmo, pare, respire fundo que no fim tudo dará certo!


quarta-feira, 28 de junho de 2017

Apresentando: Umberto, a Pocket!

Olá pessoinhas amadas do meu coração, hoje vim apresentar para vocês o Umberto, minha pocket! Mas por que a pocket tem este nome Thais? Simples, eu ganhei o Umberto de presente de uma amiga, e junto com ele veio uma etiqueta, nela estava escrito Umberto, eu achei engraçado batizar a pocket com este nome, sendo assim levei a ideia adiante e deixei o nome como veio. kkk



Esses dias uma outra amiga me perguntou: por que ele é tão especial pra ti, se tu tem vários outros Planners e não usa? Sim, sou culpada, tenho 3 que são tamanho A5 e no momento estão todos embaladinhos em suas respectivas caixas, sem uso... Minha desculpa? Estou sem escritório no momento e ser planejadora de cama com A5, não é pra qualquer um! "Ah, mas então tu pagou caro em Planners que tu não vai usar?" Vou sim! Um dia, mais pra frente... Mas continuando, o Umberto é especial pra mim pois fora o Binder dele, eu praticamente fiz e montei ele todinho! Divisórias, inserts, frescurinhas, tudo eu que fiz! Orgulhinho!

Começando pelos inserts, eu escolhi as imagens pensando num tema alegre e claro, me obriguei a imprimir na gráfica, pois estou sem cartuchos no momento, a plastificação eu mesma fiz em casa com minha mais recente aquisição, a laminadora da Scotch, que conto em outro post como foi a compra e o que achei dela.

Eu resolvi fazer uma dashboard pra ficar na frente, quatro divisórias que dividi entre: Semanal, To-do, Contas e Notas. Mais uma dashboard pra proteger as ultimas folhas que costumam ficar amassadas pelas argolas pois não ficam retinhas. Fiz também um marcador para usar na parte semanal e um card para futuramente levar algumas amostras de washi comigo para uso.



Os inserts do miolo eu fiz bem básicos, com apenas o essencial necessário para o momento, deixei o colorido para minha imaginação! Apesar de ser um insert básico, vou deixar ele aqui para quem quiser baixar e usar. Eu fiz para pocket mas irei disponibilizar para outros tamanhos também!



[ Pocket ] [ Ainda essa semana coloco aqui os outros tamanhos ]

E juntando tudo, então o Umberto ficou pronto, lindo e cheiroso! Não sei se sou apenas eu, mas a "caneta" cola que ganhei de presente para usar nos Planners tem um cheirinho tão gostosinho... kkk



Então, o que acharam do Umberto? Por fora ele é um menininho, mas por dentro a alma é de mocinha, igualzinho a dona!